“SER MÃE é Padecer no Paraíso?”



Sim!
Estou perguntando
Melhor dizendo,
Estou me indagando.

Ser mãe é padecer no paraíso?

Bem,
Atrevo-me a dizer
Para melhor compreender
Que Ser MÃE
É viver a alegria
Do primeiro sorriso
É a felicidade dolorida
Da mordida repentina
No peito que amamenta
Revelando o dentinho
Que já aponta.

É olhar-se no espelho
E não se reconhecer!
Porque ali reflete...
Uma nova mulher
Que em meio às olheiras
Aos cabelos despenteados
Revela um ser em construção!

Então,
Padecer é doação!
É envolvimento...
É não se magoar
Nas noites interrompidas
É se revelar
Nas atitudes cotidianas
De adiar a fome,
Adiar o banho, a festa
E ainda, adiar aquele filme preferido...

Hum! Esse mundo
Deve ser o paraíso
O mundo de Ser MÃE
Do SER MÃE!

Bem, estou concluindo...
Que o paraíso
É um emaranhado de desafios
Um pacote de experiências
Consagradas às mães
E assim, emoldurado...
Suaviza
Tranquiliza
Porque transcende amor.

Um paraíso
Que nos faz compreender
Que padecer
É viver a emoção de ser mãe
E que ser mãe
É experimentar o paraíso.

Então o paraíso é o tempo espaço do SER MÃE!

Por isso, sou grata por ser MÃE
Amo padecer no paraíso.
Sou grata por viver a experiência da maternidade.

SOU MÃE!

Por Ana Maria Louzada

Obrigada, Rogério... Amor da minha vida, por viver comigo essa experiência sublime!
Um beijo enorme na minha MÃE... Erlita querida!
Obrigada Leandro e Artur (filhos amados) pela experiência de SER MÃE que vocês estão me proporcionando! 
Parabéns Débora (nora que se transformou em filha), por viver seu primeiro dia das mães!
Obrigada Ester (neta amadinha) por fazer parte desse PARAÍSO!
Um feliz dia das mães para as minhas irmãs, cunhadas, amigas... Enfim, para todas as mães dessa vida!

Comentários

AS FLORES ENCANTAM!

O CANTO DOS PÁSSAROS

Postagens mais visitadas